terça-feira, 3 de março de 2009

De repente

(Ana Luiza Miranda)
E de repente a gente percebe que encontrou o infinito. É o infinito... Esse cheio de “pra sempre” que a gente ouve falar, mas também só ouve mesmo, porque saber ao certo o que é sempre é mais difícil.

Sempre me perguntei quanto valia o infinito, mas nunca me respondi... Sei que fui injusta comigo, mas dava medo de responder, mesmo que a resposta fosse um chute daqueles bem dados. Mas, mesmo assim, prefiro nem chutar a resposta dessa pergunta, sabe lá, vai que eu acerto.

E o infinito eu quero que seja sempre assim, um mistério que na verdade é bem simples. Afinal, o mundo é muito simples. Como tudo o que eu sinto, aqui dentro, no meu infinito.

Mas já vou avisando que descobrir esse infinito todo dentro de você às vezes incomoda. É porque ele ocupa um espaço muito grande, por ser justamente... Um infinito! E ele sempre quer crescer mais e mais... Nas horas mais incríveis!

Outro dia eu estava olhando o Sol se pôr, e justamente nesse momento caía uma chuva fina e gelada, fazendo o gosto da terra se meter a cheiro e vir brincar no meu nariz. Lá dentro alguém gritou:

-Sol com chuva, casamento de viúva!

Eu sorri feliz da vida pela viúva, e aí olhei pro céu laranja-pôr-de-Sol e senti a chuva gelada no meu rosto. Pronto! Foi o suficiente pra começar a sentir algo dentro de mim crescendo. E cresceu tanto que fez meus olhos se encherem de água.

Água cor de chuva e com gosto de mar.

Mas, depois a dor parou e eu já havia me esquecido dela. Só conseguia me lembrar de uma viúva que se casou e mandou pintar o mundo de um laranja tão bonito que fez meu infinito crescer de tanta admiração e meus olhos choverem pra combinar.

Ah! Mas o meu infinito chorou também! Só que quando ele chora, não é água que sai não, são palavras. E eu descobri que gosto das palavras. Por que elas são a língua do infinito que há em mim.

4 comentários:

Sabrina disse...

Caramba Ana mto interessante...vc tem o dom das palavras hein...PARABÉNS...

bjx

João Paulo ² disse...

O infinito não existe ! u.u

Caramba Ana mto interessante...vc tem o dom das palavras hein...PARABÉNS...

bjx [ 2 ]

ps: deve ter sido ctrl v + ctrl c. haha (6

Eva disse...

ÊÊ..minha lindaa..
Vem dii familia mesmo !
Parabéns por tudoo Q vc conquistou até hoj.!

Vc merece mãee ;D

beijãoo ♥ saudadess ^^

hudson disse...

Puts, adorei...

- "Água cor de chuva e com gosto de mar." (tmb é ctrl. 'c' + ctrl. 'v')
- "... se casou e mandou pintar o mundo de um laranja tão bonito que fez meu infinito crescer de tanta admiração e meus olhos choverem pra combinar."

Acho que agora sei onde buscar algo interessante para ler nos momentos de ócio... rrsrs

muuuitoss e muitos beijos pra minha amiguinha querida!

fui...